Como aplicar estratégias de SEO para otimizar as suas vendas online, de forma gratuita.

O que é o Google Shopping?

O Google Shopping foi criado em 2002 por Craig Nevill-Manning. Originalmente concebido como um comparador de preços, a partir de 2012 foi anunciado que o serviço teria custos. Os comerciantes teriam que pagar para poder listar/expor seus produtos no Google Shopping. 

A principal funcionalidade da ferramenta permite aos usuários procurar, ver e comparar produtos, a serem exibidos na página principal de resultados do google ou na tab ¨shopping¨. 

search google shopping ads

O propósito do surgimento do Google shopping foi dar resposta ao insight ¨humans are visual creatures¨. Ou seja, se os consumidores preferem imagens e não textos, fazia sentido para o Google mostrar anúncios de produtos em forma de imagens e com links para suas respectivas páginas de compra. Desta forma, as campanhas de shopping seriam uma boa opção para empresas de e-commerce.

Para utilizar este serviço é fundamental que os utilizadores criem uma conta no Google Merchant Center e no Google Ads para fazer campanhas de shopping, controlar budgets, bids, entre outras configurações. Uma vez entrelaçadas as contas é necessário criar uma lista com os produtos e seus atributos (número identificador, título, categoria, descrição, imagem, entre outros).

Em abril de 2020, Bill Ready (President de Commerce da Google) anunciou que devido ao Covid-19 e aos desafios que este apresenta para todas as empresas, o Google iria tornar a ferramenta de Shopping gratuita. As empresas poderão expor os seus produtos de forma gratuita com as ¨free listing¨, no entanto, as campanhas pagas continuam a existir e complementam-se com esta nova funcionalidade. A nova mudança foi implementada nos Estados Unidos no mês de abril, com o objetivo de se expandir para outros países nos restantes meses do ano 2020.

À semelhança de outras ferramentas, o Google utiliza uma última tecnologia própria para posicionar os resultados no motor de pesquisa, pelo que, quanto mais esta esteja otimizada, melhor será o nosso posicionamento.

Vantagens Google Shopping

O Google Shopping, é um dos grandes responsáveis pela otimização das pesquisas de compra. A Google tem vindo a encorajar cada vez mais a utilização do Google Shopping, garantindo anúncios adaptados e específicos para cada setor de negócio.

Os anúncios Google Shopping são consideravelmente mais eficientes do que os anúncios de texto PPC. Inclusive, no primeiro quadrimestre de 2018, 76% dos anúncios de venda de produtos, foram direcionados para a Google Shopping.  

O Google Shopping promove produtos e consequente o crescimento de vendas. Muitas empresas já consideram esta ferramenta de e-commerce, fundamental para a notoriedade das suas marcas e como forma de se diferenciarem da concorrência.

Porque deve considerar o Google Shopping, como forma de vender e promover os seus produtos?

  • Maior exposição e notoriedade dos Produtos 

Os consumidores não têm necessariamente de estar familiarizados com determinada marca ou produto para os encontrarem na sua pesquisa, uma vez que os produtos são expostos sempre que o Google os associa às palavras-chave digitadas pelos utilizadores. Sendo o Google a determinar a associação dos produtos com as palavras-chave, e não o próprio utilizador, há potencial para alcançar um maior número de consumidores. Desta forma é fundamental que os utilizadores forneçam ao Google os títulos, descrições e atributos apropriados ao seu produto.

  • Anúncios Google Shopping promovem um tráfego otimizado e maior retorno

Sempre que alguém pesquisa um produto, poderá encontrar um anúncio Google Shopping, onde imediatamente poderá visualizar o título, preço e imagem do produto, em alguns casos informação sobre o envio e promoções, bem como sugestões de produtos semelhantes. Tal significa que os utilizadores que clicarem têm muito provavelmente uma intenção de compra.

Estes anúncios promovem uma campanha mais eficiente: uma vez que o anunciante apenas paga quando algum utilizador clica no seu anúncio; e um ROI (Return on Investment) superior: uma vez que todo o valor investido está totalmente direccionado para o público-alvo certo (utilizadores que procuram o produto destacado).

  • Melhor Experiência de Utilizador no Google Shopping

Uma das palavras que melhor caracteriza a experiência do utilizador no Google Shopping é a simplificação. Sempre que alguém clica num anúncio Google Shopping é imediatamente direcionado para a página desse produto, ao contrário do que acontece noutros websites de e-commerce, onde o utilizador tem de navegar até encontrar o produto que procura.  Ao ser diretamente direcionado para a página do produto, significa menos cliques no ponto de venda e menor possibilidade do consumidor se irritar com o website ou desistir da compra ao meio da navegação.

  • Métricas de Análise mais competitivas (CTR, CPC)

Por norma, os anúncios Google Shopping têm melhores taxas CTR (click through rate), porque os utilizadores que pesquisam produtos específicos, tendem a avançar mais no processo de compra, uma vez que, já fizeram a sua pesquisa previamente e já estão mais decididos a efetuar a compra. Por sua vez o CPC (Custo por clique) é tendencialmente inferior, uma vez que a maioria dos utilizadores que clicam no anúncio já têm uma intenção de compra superior, o que torna o investimento mais eficiente e inferior.

search google shopping

Como otimizar para Google Shopping?

A possibilidade da exposição de anúncios de produtos nos resultados orgânicos das buscas no Google Shopping, consiste numa grande mudança de comportamento dos anunciantes. O que antes era permitido apenas mediante investimento monetário, agora pode alcançar resultados de forma menos custosa e até mesmo gratuita.

A alteração na dinâmica da ferramenta prioriza a apresentação dos resultados orgânicos (não pagos), nas suas pesquisas de produtos. De acordo com Bill Ready, Presidente de Operações do Google, essa grande mudança será permanente e está alinhada com a visão de longo prazo da companhia. Para Ready, este novo cenário fará com que mais comerciantes tenham possibilidade de expor os seus produtos para milhões de pessoas por dia; já os compradores terão acesso a mais opções, tanto de produtos, quanto lojas. Ou seja, aparentemente uma mudança que será positiva para todos.

Em contrapartida, é evidente que esta mudança é uma estratégia da Google, para combater o crescimento da Amazon, um grande canal mundial de pesquisa de produtos e também de media online.

amazon vs google

Para o Marketing das empresas com operação de e-commerce ativa, este novo cenário significa o desenvolvimento e investimento em novos esforços de SEO, com o objetivo de otimizar as pesquisas orgânicas.

Diante de todas as informações apresentadas é importante salientar que, em linhas gerais, os critérios de ranking para a pesquisa orgânica no Google Shopping serão semelhantes aos já utilizados na pesquisa orgânica regular. Assim, vamos direto ao ponto sobre como posicionar bem o seu produto dentro do novo formato do Google Shopping, ou seja, como aplicar estratégias de SEO para otimização das suas vendas online de forma gratuita.

looking forward to

Dicas para SEO no Google Shopping

DICA 1: Importância das PALAVRAS-CHAVE para SEO no Google Shopping

Ao contrário da dinâmica regular, na qual o anunciante determina as palavras-chave e trabalha o conteúdo em função disso, nos resultados das pesquisas orgânicas dentro do Google Shopping o ranking apresentado dependerá das análises do próprio Google. Através do Merchant Center (ambiente de registo das empresas de e-commerce dentro do Google Shopping), serão analisados os feeds das empresas e determinadas as palavras-chave que fazem sentido para cada um dos seus produtos. Desta forma, é indispensável fornecer dados da forma mais completa possível ao Google, dentro da plataforma Merchant Center, para que o resultado dessas análises seja benéfico para o seu negócio.

DICA 2 : Importância do PREÇO para SEO no Google Shopping

Além das informações completas é importante que o seu produto possua um preço competitivo, afinal ele estará exposto ao lado de outros semelhantes. Tenha em mente que preços muito baixos podem gerar dúvidas sobre a qualidade e credibilidade da empresa e/ou do produto comercializado. Já os muito altos não são tão atrativos para compra. 

DICA 3: Importância das IMAGENS para SEO no Google Shopping

As imagens de apresentação têm que ter boa definição e destacar os pontos fortes do produto, além de esclarecer possíveis dúvidas que os consumidores possam ter. Fotografias simples e de qualidade. O produto deve estar centralizado e em fundo branco. Logotipos e logomarcas apenas podem ser exibidos se estiverem presentes no produto.

DICA 4: Importância da DESCRIÇÃO DOS PRODUTOS para SEO no Google Shopping

As descrições dos produtos precisam de ser curtas, concisas e esclarecedoras. É importante trabalhar com as possíveis palavras-chave, as características mais pesquisadas pelos consumidores e os diferenciais dos seus produtos. 

DICA 5: Importância ANÁLISE CONCORRÊNCIA para SEO no Google Shopping

Verifique o que os seus concorrentes estão a fazer. Quais os preços praticados, como são as suas imagens de apresentação, as suas descrições de produto, etc.. Essa análise pode resultar em indicadores do que fazer ou não fazer. A sua boa colocação dentro da pesquisa orgânica pode depender disso.

DICA 6: Importância INTEGRAÇÃO GOOGLE E E-COMMERCE para SEO no Google Shopping

O site de e-commerce do anunciante precisa de estar em sintonia com o Google Merchant Center. Informações como preços e stock devem estar espelhados nas duas plataformas, de forma a garantir a mesma posição em ambos, em tempo real. 

DICA 7: Importância TÍTULO PRODUTO para SEO no Google Shopping

Otimizar o título com base na categoria do produto. É Importante fazer uma pesquisa sobre as palavras-chave mais utilizadas e usá-las nos títulos. Criar testes de palavras-chave no feed e identificar quais palavras-chave que estão a obter os melhores resultados, poderá ser uma boa estratégia. Deve usar as informações dos produtos que estão no seu website. As informações importantes têm de estar no início dos títulos. Ocasionalmente, os seus títulos podem ser encurtados na página de resultados, mesmo assim, a informação importante será apresentada.

DICA 8: Importância GTIN para SEO no Google Shopping

O GTIN no Google Shopping – O número Global de Item (Global Trade Item Number) – identifica o seu produto. Deve configurar corretamente o GTIN, de outra forma, os produtos não serão exibidos nos resultados de pesquisa do Google Shopping. Após configurado para determinado produto, o GTIN jamais poderá ser alterado ou utilizado noutro produto.

O uso do código de barras e do GTIN, proporciona-lhe algumas vantagens, tais como: maior possibilidade de veicular o anúncio para o público certo; Aumento do número de impressões; Aumento do número de conversões; A informação é encontrada naturalmente e é de uso global, ou seja, o Google usa GTIN com o intuito de colocar os anúncios da concorrência paralelamente. 

DICA 9: Importância RANKING MIX DE PRODUTOS para SEO no Google Shopping

Caso tenha um portfólio muito grande é melhor priorizar o trabalho de otimização nos produtos que possuam maior potencial de venda e elevado volume de procura nos motores de pesquisas. Faça um ranking com todo o seu mix de produtos – organizados por relevância dentro do seu negócio – e trabalhe aos poucos, até que toda a sua linha esteja dentro dos critérios de otimização (SEO). Lembre-se que esse é um esforço periódico, portanto, após a conclusão desse trabalho, o mesmo precisa ser revisto constantemente para garantir bons resultados.

DICA 10: Importância PALAVRAS-CHAVE NEGATIVAS para SEO no Google Shopping

O uso de palavras-chaves negativas evita que os seus anúncios sejam exibidos em pesquisas irrelevantes. Ou seja, o objetivo é fazer com que os produtos não apareçam numa determinada pesquisa, assim, é possível segmentar e garantir que os seus produtos são apresentados a quem realmente demonstra interesse. Deste modo, a utilização de forma correta das palavras-chave negativas pode melhorar o desempenho e a eficiência  das suas campanhas no Google Shopping.

DICA 11: Importância AVALIAÇÕES DOS PRODUTOS para SEO no Google Shopping

Quem compra produtos na internet procura por opiniões de outros consumidores, com o intuito de saber qual o nível de qualidade. Após avaliar as experiências de outros consumidores é que tomam a sua decisão de compra.

Existem 2 tipos de avaliações no Google Shopping, de Produto e de Vendedores.

As mesmas aparecem na forma de estrelas: é um sistema de avaliação com cinco estrelas. Quanto maior for a sua classificação mais destaque irá ter o seu anúncio, mais credibilidade e confiança, poderá ser uma boa forma de se destacar dos seus concorrentes. Deste modo, poderá levar a aumentar a taxa de clique e consequentemente a um aumento da relevância dos seus anúncios para o Google Shopping (o Google usa avaliações como: Trustpilot, Yotpo, Verified Reviews, etc.).

nuvem palavras-chaves

 

*Este artigo foi escrito no âmbito do módulo SEO-SEA do curso de Digital Marketing & Strategy da EDIT. – Disruptive Digital Education por:

Josephine Lopes

Cecilia Curi

Adriana Barao

Pedro Brando

Steve Saavedra

** Mais artigos relevantes e informativos em Agência.pt

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Agência.pt - Agência PONTO pt